quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Inspiraçõ mattinal :)

Acabei de acordar, ou seja, não percam tempo lendo esse post! (Descobri que essa é a melhor forma de fazer todo mundo ler, gente gosta de ser do contra, nunca vi!) .
Fiquei dois dias sem postar aqui,ninguém merece, mal fiz o blog e já começo com desleixo, mas hoje tomei vergonha na cara! Depois de muita insistência da parte do público, estou dando o ar da graça! (quem vê pensa que alguém olha essa budega aqui!)kkkkk.
Sim, eu devia parar de conversar potoca e ir direto ao assunto né...vige! Não vou mais falar de jogos mortais 5! não quero mais saber daquele filme véio nojento!
Hehehê, eu escrevo tanto que acabo sem ter o que escrever as vezes, além de orkut, fotolog,e blog eu tenho uma outra espécie de diário, esse é escrito a mão e não tem nenhum fator tecnológico que me impeça de fazê-lo.Tenho uma verdadeira biografia da minha adolescência em casa desde os 13 anos escrevo dia por dia nas minhas agendinhas queridas, e não é coisa de criança não sabe?! Tem livros com o intuito de ensinar pessoas a aderirem à essa prática, permite um auto-conhecimento mais aguçado.
Adoro escrever,ler e reler todos os meus dias, lembrar de como agi, como eu faria hoje o que fiz há algum empo atrás, e , pode acreditar, aprendo muito com essa simples atitude. Me orgulho de muitas coisas que tem escritas lá, mas também tem dias que eu prefiro não ler, não se trata só de :'hoje fui pra aula depois comi e dormi', mas sim todo um contexto, expressão de sentimentos, todos os pensamento que haviam naquele momento,consequentemente, todas as minhas feridas, e ninguém gosta de mecher em feridas, mas de vez em quando eu o faço, pra fazer uma auto-análise dos meus sentimentos e saber onde foi que eu 'errei' pra deixar a coisa chegar a tal ponto.
É impressionante como tem coisas que ficam claras, que estavam bem ali e eu não conseguia ver, só hoje entendo coisas que aconteceram há 2, 3 anos atrás e entendo também o motivo, entendo que eu deixei muita coisa acontecer mesmo sabendo que me faria mal. Que eu já me machuquei demais, e machuquei pessoas que não tinham nada a ver também. Isso serve pra não repetir os mesmos erros. O único erro que eu não sei consertar é o fato de que quando eu to apaixonada tudo é lindo e maravilhoso e a pessoa é a mais perfeita do mundo, deixe estar que muitas vezes foram verdadeiros trastes! kkk.Mas hoje em dia aprendi a escolher melhor, meu namorado é um príncipe (se bem que mesmo se não fosse, eu veria ele como se fosse um) ehhehe.
Mas a gente percebe pelos tipos de comentários, um relacionamento em que o povo bota defeito demais,não é à toa, por maior que seja o amor que vcs sintam, por mais que a pessoa que vc ame esteja sendo diferente com você, no mínimo, um passado bem podre essa pessoa já teve, pode escrever!Ninguém tem por ofício ficar destruindo a felicidade dos outros sem que esse outro tenha feito nada, então, conselhos de pessoas neutras são válidos sim! Resta você abrir o olho né, também não dá pra acreditar em td que dizem por ai, as pessoas mudam também e td mundo merece uma chance a mais pra acertar! =) Menos eu =/ .kkkk. Na prática isso nunca funciona comigo ¬¬. Parece que quanto mais a gente perdoa, menos é perdoado, e quando eu perdoô é de coração, de verdade mesmo, e eu noto que, com as poucas pessoas que eu já errei, ainda há um certo rancor da parte delas. Mas é aí que está, quem não sabe perdoar, tampouco sabe amar, por mais exagerada que pareça essa afirmação, o amor e o perdão andam lado a lado. Sempre, sempre, pois, por mais que as pessoas se amem, como amigo, como namorado, marido, familiares, sempre deixam a desejar em algum ponto, e cabe a outra parte perdoar ou não, se a recíproca for verdadeira! Pra saber se ama uma pessoa não é preciso imaginar como seria perdê-la, isso é apego, é preciso imaginar a maior decepção dessa pessoa para com você, o que essa pessoa poderia fazer que fosse te deixar mais decepcionado, depois disso pensar, eu perdoaria de coração?
Alguns chamam de orgulho, eu costumo chamar de burrice a atitude de inflexibilidade diante de um erro, é sempre importante se colocar no lugar da pessoa que vc está julgando e pensar da seguinte forma: "O que me faz pensar que eu sou tão superior a esta pessoa a ponto de achar que eu jamais cometeria o mesmo erro que ela cometeu?" Daí você tira suas próprias conclusões. Cada pessoa tem seus princípios e seus valores, uma coisa que significa muito pra você pode ser totalmente desprezível pra outras pessoas, um exemplo é o que escrevo agora,você pode ler e concordar com cada palavra, e alguém ao seu lado ler e dizer:" essa menina é uma babaca e vai se dar mal pensando assim". É o livre arbítrio, Deus nos deu a capacidade de escolher, ele fez como estou fazendo agora, pregou suas palavras, outros passaram-nas para o papél e juntaram tudo numa espécie de um diário tembém, todos tem acesso a esse diário que chamamos de bíblia, mas nem todo mundo concorda com o que tem lá, muita gente acha que perdoar é coisa de idiota, que o orgulho deve estar a cima, que ser orgulhoso nos torna superior, eu tenho orgulho também tenho orgulho de não ser extremamente orgulhosa! KKKK,Meio paradoxal não é? Mas é exatamente isso, eu me orgulho de ter pelo menos consciencia de que o perdão é importante, de tentar perdoar, de tentar entender o outro, me colocar no lugar, por pior que tenha sido o erro, todos nós, sem exceção de raça, cor, sexo ou classe social, merecemos uma segunta, terceira chance, gostaria de poder dizer quarta, quinta, mas minha natureza humana não permite. Acho que alguém que se arrepende e se machuca com o erro não o comete mais, se persistir no erro ela não quer seu perdão, o perdão aí não faz diferença, já que pra ela o erro não seria mais erro, você é que estaria equivocado de não concordar que o que vc chama de erro pra ela é rotina, acaso... é como eu falei, vai dos princípios de cada um de nós.
Eu não sou a Madre tereza de calcutá, mas acredito que tentar fazer o mínimo do que Deus nos ensina já é um grande passo, e o maior ensinamento que Deus nos deu foi amai ao próximo como se fosse a ti mesmo, se amar implica em perdoar, troquemos os termos:"Perdoai o próximo, assim como você gostaria de ser perdoado" =) Lindo, muito lindo, vamos ver se cada dia a gente consegue r colocando em prática né!

Beijos e abraços pessoas que lêem meu blog querido!

3 comentários:

Ana Gabi disse...

Adorei seu blog!

è tipo o meu, eu tb escrevo impressões pessoais, experiências, como se fosse um diário mesmo.

vc posta sempre?

beijocas!

Lílian Stein disse...

eu tambem tinha agendiinhas! hahaha
hoje eu leio e me mato de rir das minhas impressões sobre o mundo aos 10 anos. mas é legal mesmo, porque tem coisas que estão escritas e que a gente nem lembra mais... (os erros, principalmente, que na época a gente achava que tinha feito a coisa certa e agora vê que não).
vou te favoritar! :) quanto a seguir o blog, agora coloquei em cima dos favoritos.. se quiser seguri, agora tá bem fácil.
muito bom teu blog, adorei!
beijão

Trujillo disse...

Um blog que me faz lembrar muito do que faco e fiz, muitos dias. Obrigado pelo comentario. Tb continue a escrever
Abc